-------- Pesquisar Neste Blog --------

domingo, 31 de dezembro de 2017

Resenha - A Droga Da Obediência De Pedro Bandeira

Imagine uma situação onde você perde todo o controle do seu corpo, não tem mais força para realizar um simples movimento, as necessidades e vontades são controladas por uma única voz.

Nossa é assustador, não é? Pensar que possa existir tal poder de dominação, mas, será que realmente não existe?

Olá, o hoje escrevo uma resenha do livro “A Droga Da Obediência” o primeiro livro que eu li quando tinha dez anos de idade.

Este não concretiza como o primeiro contato com a literatura, porém foi o primeiro livro que li até o final.

Esse é o último trabalho realizado em 2017. Você que visitou o Blog Margem Literária desde o início ou você que é um novo visitante meu muito obrigado e desejo a todos um feliz 2018.

                                                    

Livro: A Droga Da Obediência
Série: Os Karas
Autor: Pedro Bandeira
Páginas: 192
Editora: Moderna
Edição: 5ª de primeiro de janeiro de 2014
Idioma: Português
SBN-10: 8516095762
Dimensões do produto: 20,6 x 13,4 x 1,6 cm
Peso de envio: 259 g
Resenha por: Samuel Tenório
Compre: Amazon | Submarino | Americanas | Shoptime 



Sinopse: Uma turma de adolescentes enfrenta o mais diabólico dos crimes! Num clima de muito mistério e suspense, cinco estudantes? Os Karas? Enfrentam uma macabra trama internacional: o sinistro Doutro Q.I. pretende subjugar a humanidade aos seus desígnios, aplicando na juventude uma perigosa droga! E essa droga já está sendo experimentada em alunos dos melhores colégios de São Paulo. Esse é um trabalho para os Karas: o avesso dos couras, o contrários dos caretas!

3º Resenha o 'Margem Literária'


O livro A Droga da Obediência é o primeiro de uma série produzida pelo escritor Pedro Bandeira titulada de Os Karas.



Resenha - A Droga Da Obediência De Pedro Bandeira

Escritor Pedro Bandeira 

O grupo dos Karas formado inicialmente por quatro integrantes adolescentes: Miguel, Crânio, Calú, Magrí e inserido por último Chumpinho.

O Miguel é o líder do grupo, um aluno dedicado aos estudos e se destaca também como popular e possuidor de fortes opiniões respeitado por todos os alunos em seu cargo de presidente do grêmio estudantil do colégio Elite.

Crânio, como o próprio nome indica, é o mais inteligente do grupo responsável pelas principais estratégias e códigos secretos dos Karas. Como forma de lazer gosta de tocar a sua fiel gaita e de jogar uma apetitosa partida de xadrez. 

Já o Calú é titulado pelas garotas de galã do colégio. Ele se destaca na arte de atuar sempre ficando com o papel principal em todas as peças que participa da escola.

Magrí a única figura feminina do grupo. O que ela tem de magra tem de beleza, pratica esportes e faz parte do time de vôlei do Colégio Elite.

O garoto mais novo do grupo é o Chumpinho por se muito esperto, garantiu o seu ingresso na turma dos Karas. Não vou detalhar muito a respeito dele, pois, quero que você se surpreenda com este inocente garoto ao ler o livro.

O diretor Cardoso implantou um novo sistema educacional no colégio Elite, as regras são criadas pelos principais envolvidos, ou seja, pelos próprios alunos. O grau de liberdade estabelece a responsabilidade e disciplina, isto fez com que o colégio se tornasse o melhor na qualidade de ensino.

Urgente!!! Miguel às pressas convocam Os Karas para o esconderijo secreto, para discutir o que está acontecendo nos colégios da cidade de São Paulo, alunos estão desaparecendo misteriosamente. Começa para valer a aventura dos Karas.

Um barulho. Os Karas todos em alerta, quem poderia tê-los encontrados no esconderijo secreto? Entreolharam e suspiram ao mesmo tempo apavorados.

Você deve estar se perguntando quem era? A resposta é Chumpinho, revelando que há muito tempo conhece a existência do grupo e sabe todos os códigos.

Para que continuasse a existir secretamente teria que aceitá-lo como integrante do grupo, sem saída Miguel o aceitou. Foi assim que o novo integrante entrou para o grupo dos Karas. 

No decorrer das ações dos Karas para desvendar o mistério do sumiço das crianças dos colégios, aparecem os personagens coadjuvantes: os detetives Andrade e Rubens, responsáveis pela investigação do caso dos alunos desaparecidos, o bioquímico Márius Caspérides, que trabalha no Pain Control produzido drogas eficientes para as mais diversas doenças; e o vilão o Doutor Q.I e seus capangas: o Coisa, Fera e o Animal

Convertendo as aventuras dos Karas para a nossa realidade nos faz pensar nas distintas necessidades e atrocidades que a sociedade enfrenta diariamente.

As mais variadas situações que Pedro Bandeira descreve refletem na formação do cidadão. Expor uma poderosa droga fictícia que tira do ser humano a completa autonomia, criatividade e o suspiro de vida dos jovens se condiz em apenas uma ficção?

Em certas condições já somos dependentes das ditas drogas lícitas para ter condições de sobrevivência numa sociedade que sempre nos exigem o mais do qual não possuímos.

O Pedro Bandeira com o seu incrível talento para escrever, construiu os personagens adolescentes de maneira realistas, exaltando as suas limitações, desejos e sonhos.

O livro é de fácil leitura e compreensão, no entanto, trata-se de temas relevantes que devem se debatidos em nossa sociedade.

Apesar de ele ser destinado ao público infanto-juvenil à leitura dessa obra é indicada para todas as idades tenha você dez ou mais de 70 anos de idade, afinal de conta, como sempre gosto de dizer: a literatura é um caminho infinito de possibilidades.

Numa época que vivemos cada vez mais sub o prisma da tecnologia e condicionado ao consumo momentâneo. Pedro Bandeira consegue cativar esse público a ler as suas valiosas obras, não o valor material, porém, o valor cultural e social.

Assista esse vídeo da resenha do livro A Droga Da Obediência que eu fiz para o canal Margem Literária: 



Espero que tenha gostado da resenha. Faça um comentário da resenha ou sobre o livro A Droga da Obediência se você já leu ou pretende ler.

Veja também esses projetos dedicados a divulgação da obra de Pedro Bandeira. 



Canal Código Vermelho sub a organização de Lia Cordeiro: https://www.youtube.com/channel/UClIouwpqj-VXQhZ8wSzh9Yw





Páginas do Facebook:

https://www.facebook.com/codigovermelhokaras/
https://www.facebook.com/FansPedro/



Comprando nos links abaixo você ajuda na manutenção do Blog Margem Literária. 


Amazon Brasil: https://amzn.to/2PvgG3H
Americanas: https://goo.gl/vRQECd
Submarino: https://goo.gl/2zYKcm
Shoptime: https://goo.gl/z4GEkk
Sou Barato: https://goo.gl/T3xhqV


sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Poema - Olho A Minha Imagem Lembro Os Breves Eventos/ Samuel Tenório

Poema - Olho A Minha Imagem Lembro Os Breves Eventos/ Samuel Tenório

Na caminhada da vida
Trilhei distintos caminhos
Pisei forte nos espinhos
Paguei o peso da dívida
Que me foi desenvolvida
Eu tenho arrependimentos
Faz parte dos seguimentos
Da breve passagem
Olho a minha imagem
Lembro os breves eventos.

Escritor Samuel Tenório
20/01/2017




Comprando nos links abaixo você ajuda na manutenção do Blog Margem Literária. 

Amazon Brasil: https://amzn.to/2WokWDL
Americanas: https://goo.gl/vRQECd
Submarino: https://goo.gl/2zYKcm
Shoptime: https://goo.gl/z4GEkk
Sou Barato: https://goo.gl/T3xhqV

domingo, 17 de dezembro de 2017

Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos

Qual a diferença entre poema e poesia


Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos

Qual a diferença de poema e poesia?


Mesmo que você não escreva poema ou poesia, provavelmente já se deparou com esta pergunta, seja em uma prova, no ônibus, numa roda de conversa com os amigos. 

Já parou para pensar se você em algum momento escreveu um poema ou uma poesia. 

Será que você nunca escreveu uma poesia? 



Fui questionado sobre a diferença de poema e poesia. Olhei para os lados, com a esperança de encontrar uma resposta na mente ou que a pessoa esquecesse o assunto. 

Todavia a pergunta foi feita mais uma vez, agora com agressividade:

Você não é poeta, então responda a diferença de poema e poesia? 

Você já passou por esta situação? 


Você pode ficar tranquilo ao final deste artigo aprenderá a diferença e nunca mais irá esquecer e não passará mais pelo constrangimento de não saber explicar a diferença de poema e poesia. 

Para uma melhor compreensão e fixação, listo seis tipos de textos para exemplificar poema e poesia.

Desafio você a responder, os textos listados são poemas ou poesias, de acordo com o seu conhecimento. Não tenha medo de errar, afinal de conta, tem aquela famosa frase “é errando que se aprende”.


Texto I

Era uma vez
O dia em que todo dia era bom
Delicioso gosto e o bom gosto das nuvens
Serem feitas de algodão
Dava pra ser herói no mesmo dia
Em que escolhia ser vilão
E acabava tudo em lanche
Um banho quente e talvez um arranhão
Dava pra ver, a ingenuidade a inocência
Cantando no tom 
Milhões de mundos e os universos tão reais 
Quanto a nossa imaginação 
Bastava um colo, um carinho 
E o remédio era beijo e proteção 
Tudo voltava a ser novo no outro dia 
Sem muita preocupação

É que a gente quer crescer 
E quando cresce quer voltar do início 
Porque um joelho ralado 
Dói bem menos que um coração partido 
É que a gente quer crescer 
E quando cresce quer voltar do início 
Porque um joelho ralado 
Dói bem menos que um coração partido

Dá pra viver 
Mesmo depois de descobrir que o mundo ficou mau 
É só não permitir que a maldade do mundo 
Te pareça normal 
Pra não perder a magia de acreditar na felicidade real 
E entender que ela mora no caminho e não no final 
É que a gente quer crescer 
E quando cresce quer voltar do início 
Porque um joelho ralado 
Dói bem menos que um coração partido 
É que a gente quer crescer 
E quando cresce quer voltar do início 
Porque um joelho ralado
Dói bem menos que um coração partido
Era uma vez


Texto II

Amo-te tanto, meu amor... não cante 
O humano coração com mais verdade... 
Amo-te como amigo e como amante 
Numa sempre diversa realidade. 

Amo-te afim, de um calmo amor prestante, 
E te amo além, presente na saudade. 
Amo-te, enfim, com grande liberdade 
Dentro da eternidade e a cada instante. 

Amo-te como um bicho, simplesmente, 
De um amor sem mistério e sem virtude 
Com um desejo maciço e permanente. 

E de te amar assim muito e amiúde, 
É que um dia em teu corpo de repente 
Hei de morrer de amar mais do que pude. 


Texto III

As crônicas da vila de Itaguaí dizem que em tempos remotos vivera ali um certo médico, o Dr. Simão Bacamarte, filho da nobreza da terra e o maior dos médicos do Brasil, de Portugal e da Espanha. Estudara em Coimbra e Pádua. Aos trinta e quatro anos regressou ao Brasil, não podendo el-rei alcançar dele que ficasse em Coimbra, regendo a universidade, ou em Lisboa, expedindo os negócios da monarquia.

— A ciência, disse ele a Sua Majestade, é o meu emprego único; Itaguaí é o meu universo.

Dito isso, meteu-se em Itaguaí, e entregou-se de corpo e alma ao estudo da ciência, alternando as curas com as leituras, e demonstrando os teoremas com cataplasmas. (...)



Texto IV


Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos


Texto V



Febre, hemoptise, dispneia e suores noturnos.
A vida inteira que podia ter sido e que não foi.
Tosse, tosse, tosse. 


Mandou chamar o médico:
— Diga trinta e três.
— Trinta e três… trinta e três… trinta e três…
— Respire. 

— O senhor tem uma escavação no pulmão esquerdo e o pulmão direito infiltrado.
— Então, doutor, não é possível tentar o pneumotórax?
— Não. A única coisa a fazer é tocar um tango argentino.





Texto VI


Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos


Antes de saber se você acertou, vamos conceituar o que é poema e poesia?


Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos

Muitas pessoas acham que poema e poesia são sinônimos, devido uso equivocado dos termos, é comum esta definição.

Você também já pensou assim?

No Dicionário Aurélio a palavra poema tem os seguintes significados: 


➤ Composição poética, mais ou menos extensa.
➤ Epopeia.
➤ Obra em prosa, em que há ficção e estilo poético.
➤ Coisa digna de ser cantada em verso.

Agora veja o significado de poesia: 


⧪ Arte de escrever em verso.
⧪ Poética.
⧪ Conjunto do diferentes gêneros de poema.
⧪ Qualidade que caracteriza os bons versos: amar a poesia. 
⧪ Composição poética pouco extensa: escrever poesias. 
⧪ Aquilo que desperta o sentimento do belo.

Você ficou confuso com esta definição do Dicionário Aurélio? Até parece que as duas palavras são sinônimas, por isso que as pessoas tendem a classificá-las com o mesmo significado.

Apesar de muita gente entender a poesia e o poema como a mesma coisa, elas não são sinônimas, mesmo estando interligadas.

Na etimologia da palavra poesia que deriva do grego poiesis, significa produção artística, criar e fazer. Nesse sentido, está encontra-se não apenas em poemas, todavia também em objetos, paisagens e diversas outras formas de expressão.

Poema 



Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos


Os poemas usam a palavra como matéria prima, isto é, concretiza como uma fórmula, onde também são poesias. Contendo versos, composições poéticas, e um método de classificar a arte de retratar no papel a poesia. 

Como poema é uma forma, segue estruturado em versos e estrofes, escrito verticalmente, e existe por si só, ou seja, não depende de um ser para existir. 

Há poema com rima ou sem rima, pode usar-se de símbolos ou não. O poeta utiliza de metáforas e aliterações, principalmente em poemas destinado ao público infantil. 

Os poemas são classificados de épico, narrativo, dramático ou lírico: 

⟴ Poema épico trata-se das figuras míticas ou heroicas;
⟴ Poema narrativo presar em contar uma história; 
⟴ Poemas dramáticos tem sua composição em verso;
⟴ Poemas líricos tem a finalidade de expor os sentimentos e pensamentos do poeta.


Poesia


Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos

Quando você ouvir falar em poesia, pense como uma linguagem está é sem dúvida a melhor definição. A poesia é caracterizada pela utilização de recursos para proclamar a linguagem de maneira especial e diferente do uso normal, que causa diversas sensações no receptor da mensagem.

Utilizando de distintos recursos para causar efeitos e sensações em quem está lendo, a exemplo do ritmo, a rima, a aliteração, dentre outros.

Ainda há o sentido figurado na linguagem para despertar a imaginação, como as metáforas, eufemismos, hipérboles, personificações. 

Então há poesia em diferentes expressões artísticas tais como no cinema, música, pintura, arquitetura, literatura, etc. 

Como denomina como linguagem que transmite sentimentos, então faz necessário a existência de um ser para sentir as distintas sensações, pois, a poesia não existe por si só.

As respostas do pequeno desafio 


O primeiro texto trata-se de uma música, Era Uma Vez, Interpretada pela cantora Kell Smith 


Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos


A música é um gênero dependente e independente do poema, isso por que precisa em sua construção a base de um poema, que é basicamente, na questão da estética da escrita, redigida verticalmente. 

A música Era Uma Vez, é considerada sim como poesia, lembra que poesia é linguagem, que estar presente em diferentes expressões artísticas. Com a finalidade de dizer o que já foi dito com uma nova perspectiva. 

Em uma poesia você não pode usar esses clichês de frases de amor: 

⇛ Você é tudo o que eu sonhei para mim. 
⇛ O amor não é feito de trocas de olhares, mas de olhares juntos na mesma direção. 
⇛ Fomos feitos um para o outro. 
⇛Quero estar com você em um momento chamado: sempre
⇛ Palavras não conseguem descrever o tamanho do meu amor por você. 
⇛ Você inspira a ser melhor a cada dia. 

Aliás, você pode usar esses clichês clássicos de amor, contudo, terá o dever de fazê-lo novo. 

Veja o exemplo da música era uma vez

"Bastava um colo, um carinho 
E o remédio era beijo e proteção...".

Veja que o beijo transformou-se além de ser um ato de afeto, passou a ser remédio e proteção. É visto também o uso de metáfora, como um beijo pode ser remédio e proteção? Recurso muito utilizado pelos poetas para dar uma maior ênfase. 

Você respondeu que a música era uma vez, mesmo pensando que fosse um poema, contém poesia, meus parabéns ponto para você.




O texto II é um soneto do poeta Vinicius de Moraes, "Soneto De Amor Total"



Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos


O soneto não é diferente do poema e da poesia? 

A resposta é não. Lembra que o poema são estruturas, então o soneto é uma estrutura do gênero poema. Um exemplo é a estrutura de poema é o Haicai. 

O Haicai, tem também a dominação de "Haiku" ou "Haikai", é um poema curto original do Japão. A palavra Haicai é constituída por dois termos "hai" (brincadeira, gracejo) e "Kai" (harmonia, realização). Uma forma poética criada no século XVI, que tradicionalmente é composta de três versos (terceto) com 17 sílabas poéticas: 

↟ Primeiro verso com 5 sílabas poéticas (pentassílabo)
↟ Segundo verso com 7 sílabas poéticas (heptassílabo) 
↟ Terceiro verso com 5 sílabas poéticas (pentassílabo)

Contudo essa estrutura tradicional foi se modificando ao longo do tempo, alguns escritores produz o haicai livre da silabação especialmente com dois versos mais curtos e um mais longo. 

Vale ressaltar que o haicai são poemas com uma linguagem simples, na sua origem retratando um fleche da natureza, contendo ou não rima e título. 

Agora você sabe que o soneto é um poema e pode ou não conter poesia; não somente o soneto, porém, para todos os modelos de poema. 

Conheça outros tipos de poemas no blog diário em sala 1.

O terceiro texto é um fragmento do início do primeiro capítulo do livro "O Alienista" de Machado de Assis



Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos



Você respondeu que contém poesia e não é poema, parabéns você acertou mais uma vez. 

Calma eu sei que você deve estar se perguntando. O texto em prosa contém poesia? Sim, pois, poesia é uma linguagem, e Machado conseguiu renovar o seu jeito de narrar uma história. 

Contudo, o trecho conte poesia, mas, não é poema, por não ser uma estrutura composta em versos e estrofes. 

Então é possível que haja poesia em um poema e no texto em prosa, entretanto, não é possível um texto em prosa ter poema, a não ser que o escritor escreva um poema para dar destaque na narrativa.



O quarto texto é uma pintura rupestre 


Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos


Provavelmente você descartou logo de cara que o texto IV, não seria um poema e nem poesia. Realmente, enquanto poema ele não é, agora poesia estar em toda a sua construção. 

É uma imagem que retrata os sentimentos do homem pré-histórico, as pinturas nas pedras pode ter diferentes significados desde medo até a comemoração de uma caçada. 


Pneumotórax, é o título do texto V, um poema de Manuel Bandeira 


Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos


Um poema que contém poesia retrata o momento em que um homem descobre que está doente de tuberculose, e o médico expressa com aflição que o paciente tem pouco tempo de vida. 

Esse seria um poema autobiográfico de Manuel Bandeira, que sofria com esta doença. Veja que há contido no poema diversos recursos linguísticos para dar mais destaque ao drama do homem que sabe que vai morrer.

O quito texto a pintura abaporu de Tarsila do Amaral 


Diferença Entre Poema E Poesia Com Exemplos




O "Abaporu" é uma pintura clássica do modernismo, da artista Tarsila do Amaral. O nome da pintura é de origem tupi-guarani que significa homem que come gente (canibal ou antropófago) uma aglutinação dos termos aba (homem), pora (gente) e ú (comer). 

A tela foi criada em 1928 e destinada ao marido de Tarsila, o escritor Oswald de Andrade. A figura um tanto inusitada despertou em Oswald a ideia da criação do Movimento Antropofágico

Esta tela é repleta de poesia mediante a dinamicidade que representa para época, como uma inovação artística da arte em geral.

Vamos lembrar de três diferenças básicas do poema e poesia: POEMA 




1. Poema é uma estrutura composta em versos e estrofes; 
2. Escrito verticalmente; 
3. Existe por si só por ser a própria arte escrita em versos. 

POESIA 


1. Linguagem; 
2. A poesia está presente na música, pintura, arquitetura, na prosa e no poema; 
3. Não existe por si só, depende de um ser para sentir-la. 

Espero que o artigo tenha sido útil para compreender o que é poema e poesia. 

Você conhece alguém que gostaria de conhecer a diferença de poema e poesia? 

Então, compartilhe o artigo no Facebook. Twitter, Google+ ou você pode copiar a URL do e enviar para quem necessita dele.

Ah, assista também esse vídeo do canal Margem Literária.

 

Comprando nos links abaixo você ajuda na manutenção do Blog Margem Literária. 

Amazon Brasil: https://amzn.to/2WokWDL
Americanas: https://goo.gl/vRQECd
Submarino: https://goo.gl/2zYKcm
Shoptime: https://goo.gl/z4GEkk
Sou Barato: https://goo.gl/T3xhqV



Você Pode Gostar! CLIQUE:

Poesia: Sem Chamar Atenção (Samuel Tenório)
Mote: A Palmada Da Mãe Não Dói Metade Das Palmadas Que A Vida Dar Gente(Samuel Tenório)
Cordel: Independência Dos Estados Da América (Samuel Tenório)
Poesia: Nos Contornos Das Eras (Samuel Tenório)
Poesia: Eu Queria Ser Pai (Samuel Tenório)

sexta-feira, 15 de dezembro de 2017

Poesia - Beija-Flor/Samuel Tenório

Poesia - Beija-Flor/Samuel Tenório

Pairando na imensidão 
De água, abebero minha sede
Das cores da ilusão
Sou um dos pássaros
Mais admirados do mundo,
Bato asas setenta vezes por segundo
Voo em marcha à ré
Acordo o sentimento de fé...

Subsisto entre feras
Anseio a vinda da primavera
Voo, voo, voo de flor em flor
Colhendo néctar, minha comida,
Contenho sombrios medos
Muitas de nós foram suprimidas
Admiram nossa “beleza”
Porque nos caças por malvadeza?
Come o nosso coração
Crendo que é afrodisíaco,
Quantas ainda morrerão???....

Escritor Samuel Tenório
08 de outubro de 2016




Você Pode Gostar! CLIQUE:

Poesia: Os Sons Do Meu Coração (Samuel Tenório)
Cordel: Se O Amor Fosse Doença Morro Fugindo Da Cura (Samuel Tenório)
Poesia: Lama (Samuel Tenório)
Poesia: Nos Contornos Das Eras (Samuel Tenório)
Poesia: Resquício De Vida (Samuel Tenório)

Postagem em destaque

Como Escrever um Livro e Publicar na Amazon Gratuitamente?

Quero escrever um livro! Escrever um livro é um sonho para muitos, todavia, poucos se destinam a realizá-lo. Eu quero escrever ...