-------- Pesquisar Neste Blog --------

sábado, 3 de março de 2018

Poesia - O Meu Eu Mais Próximo/ Samuel Tenório



Tenho a imagem destorcida
Da minha marca aparência.
Rosto que não se nota a experiência
Por a pouca e aparente idade.

Hoje, eu sou tão velhinho,
Me apego nas sumárias lembranças
Olhando o espelho noto as mudanças
Que o tempo deixou em minha face.

O silêncio para mim tem um preço
Antes ele não valia nada.
Certeiro e ativo na caminhada
Meu erro, não reparar em ninguém.

Desfiz relações num estralo de dedo,
Acolhido na imensidão da eternidade
Ordinária vida que compõe a infinidade
Sempre me presenteou com o mais.

Deixei para outro dia falar que amava
Todavia o prolongado momento
Nunca chegava, causou sofrimento,
Tempo largo, a cura é ser jovem.

Assisto o peso das não escolhas
Pago em lágrimas os arrependimentos
Evitei conselhos de ensinamentos
De quem realmente queriam o meu bem.

Valorizei os errados para se aventurar.
Deixar fluir a eminente adrenalina
Era como correr ao topo de uma colina
Rápido sem nenhum descanso do corpo.

Acomodava nos discursos dos tolos
Afinal, eu tinha nas mãos o poder jovial,
O banal tinha status de sensacional
E valia muito apena as temeridades.

A poeira se faz com a marca dos passos
Conduzido pela mão do criador
Desviar do caminho se faz em dor
Tudo é válido, em querer o dito melhor.

Abro os olhos e acordo do pesadelo,
Do futuro que estou projetando.
Claramente estava cativando
Os passos mais errados da vida. 

Tenho sorte de recuperar tudo;
Dar um forte abraço em um amigo,
Livrar-se do temeroso castigo,
Enxergar o brilho do céu.

Declarar o que antes não tinha sentido,
Viver com mais e mais tenacidade,
Pagar o preço pela liberdade,
Ser criança, ser jovem, ser eu mesmo.

03 de março de 2018
Escritor Samuel Tenório

Comprando nos links abaixo você ajuda na manutenção do Blog Margem Literária. 

Amazon Brasil: http://amzn.to/2CznXq4
Americanas: https://goo.gl/vRQECd
Submarino: https://goo.gl/2zYKcm
Shoptime: https://goo.gl/z4GEkk
Sou Barato: https://goo.gl/T3xhqV

4 comentários:

  1. Respostas
    1. Que bom Unknown, obrigado pelo seu comentário e por visitar o blog.

      Excluir
  2. Que poesia.. causa reflexão nas nossas vidas.. tenso demais. Poesia excelente!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que gostou Luiz Carlos. Realmente, essa poesia mexe com os nossos sentimentos. Agradeço o seu comentário e a visita ao blog Margem Literária.

      Excluir

Postagem em destaque

Como Escrever um Livro e Publicar na Amazon Gratuitamente?

Quero escrever um livro! Escrever um livro é um sonho para muitos, todavia, poucos se destinam a realizá-lo. Eu quero escrever ...